De onde você estiver, que fique bem.

By Unknown - dezembro 28, 2015


O dia estava chuvoso, ótimo para passar o dia enrolada num edredom vendo séries de amorzinho ou lendo um bom livro. Mas certo tempo após ter despertado o vento forte bateu na janela, fazendo com que a mesma abrisse, enchendo o quarto com o cheiro de grama molhada, e qualquer outro cheiro que predomina após uma chuva forte. Me levantei e fui fechá-la, coloquei a cabeça para fora e no mesmo instante me lembrei de você, e junto com o vento a saudade chegou. 

Lembrei que você adorava esses dias de chuva, gostava de ficar enrolado no cobertor e sempre me pedia um café, um abraço e um sorriso. No final de tudo eu sempre te beijava sorrindo. Resolvi deixar a janela aberta, fui até minha escrivaninha e sentei. Fiquei olhando por minutos a fio para aquele bloco com papéis pardos. Peguei uma caneta, respirei fundo e comecei a escrever:

''Oi, resolvi te escrever, mesmo que eu não vá te mandar. Acho que acabei por me acostumar a fazer isso, uma forma de te sentir sem ter que quebrar esse orgulho e ir falar contigo. Afinal, você nem tá tão longe assim, né?! Confesso que hoje ao abrir a janela, e sentir o cheio de grama molhada me lembrei de você, das vezes que você chegava aqui todo molhado, tomávamos um banho quente juntos e ficávamos enrolados no cobertor, várias vezes você me pedia café, um abraço e um sorriso, e eu fazia questão de te satisfazer.

Mas uma hora você sumiu, não sei o que te deu, você teve que partir. No começo tudo era dolorido e me lembrava você, me pegava sorrindo pensando em ti e me repreendia por tal ato. Chorava até pegar no sono sentindo falta do teu calor e do teu aconchego. Escutava nossas músicas na rádio e o peito apertava, porque você sempre ria alegando que o locutor era esperto e sabia nossas músicas.

Realmente nem sei porque ainda escrevo, já fazem quase 3 anos que você se foi, e eu ainda fico nisso. A única explicação é que por mais que eu não queira, você ainda é uma pessoa especial pra mim. Você marcou minha vida e não posso te excluir dela, por mais que eu queira. Só queria encerrar esse ano com uma paz no coração, sabendo que você não passa de uma recordação, uma lembrança boa. De onde você estiver, que fique bem.''

Guardei aquele papel junto com os outros, me levantei, fechei a janela e o vento se encerrou. Junto com ele, esse ano vou encerrar muitas coisas, e uma delas é você.

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários